Ábia Marpin

blog do sociofiloMulher, alagoana, hoje pesquisadora,
sempre uma aspirante de artista.
Doutoranda do IESP/UERJ, descaradamente
apaixonada pela possibilidade
de compartilhar uma existência
mais potente e feliz, estuda
a negritude alagoana na esperança
de contribuir com a superação do racismo.
Mestre e jornalista formada pela Ufal,
já diagramou num jornal diário,
já promoveu eventos e assessorou vários
artistas alagoanos.
Batuqueira, sócia e fundadora
do Coletivo AfroCaeté, tem orgulho de fazer parte
dessa história e de poder contar as histórias
apagadas nas letras dos livros. Com uma fé infalível
na fertilidade do saber cotidiano, tenta humildemente
incorporá-lo ao seu artesanato acadêmico.

Anúncios