Depois do dilúvio. A arca de Bruno Latour, por Luc Boltanski

por

Depois do dilúvio. A arca de Bruno Latour[1]. Por Luc Boltanski Tradução Diogo Silva Corrêa A escolha de Noé Gaia está morrendo. Uma grande catástrofe nos ameaça. Se nós nada fazemos, a terra… Continuar lendo

Giddens em pílulas (4): O “modelo estratificado” da ação e da personalidade

por

Por Gabriel Peters  Agência e estrutura em uma “ontologia de potenciais” Em contraste com as ambições infladas de tantos esforços teóricos do passado, Giddens (2003: 385) confere à “teoria” nas ciências sociais um… Continuar lendo

VÍDEO: Diogo Silva Corrêa – Luc Boltanski, a sociologia pragmática e a elaboração de uma sociologia dos problemas íntimos

por

Primeira parte: Introdução a Luc Boltanski e a sociologia pragmática Segunda parte: Boltanski, a sociologia pragmática e a breve exposição de uma sociologia dos problemas íntimos Terceira parte: Perguntas, questões e debate

A Civilização desafiada pelo Antropoceno, por Bruno Latour

por

Publicado no Le Monde, 16.03.2015. Tradução de André Magnelli e Rafael Damasceno A Civilização Desafiada pelo Antropoceno Admiramos no Museu do Quai-Branly[1] os maravilhosos restos de múltiplas culturas que desapareceram para sempre. Nós as… Continuar lendo

VÍDEO: Thiago Panica – Margaret Archer e “reflexividade”nos meio populares

por

Primeira parte: Introdução à Margaret Archer e à noção de reflexividade Segunda parte: Archer, a reflexividade nos meios populares e a elaboração de uma sociologia da multideterminação existencial Terceira parte: Perguntas, questões e debate

Os evangélicos, as drogas e a cientifização reflexiva

por

Por Carlos Gutierrez “Os evangélicos são conservadores e, por isso, contra a legalização das drogas”. Tal frase já foi repetida por cientistas sociais, militantes progressistas e, muito provavelmente, pelos próprios evangélicos (mas sem se… Continuar lendo

Verbete: Hábito

por

Por Albert Ogien e Louis Queré[1]  Tradução Diogo Silva Corrêa I- Não se pode dar conta da experiência sem dar o devido lugar aos hábitos. Tudo o que nós fazemos “em matéria de… Continuar lendo

Sociofellows indicam para 2017

por

Indicação de Frédéric Vandenberghe Habermas, Jürgen. A crise de legitimação no capitalismo tardio.São Paulo, Editora Tempo Brasileiro, 2002 [1973]. No IESP-UERJ temos um curso bem puxado que se chama “Estudos exemplares”. Nele, os… Continuar lendo

Giddens em pílulas (3): a dualidade entre ação e estrutura

por

Por Gabriel Peters Uma ontologia praxiológica da vida social Ao dar à sua abordagem o nome de “teoria da estruturação”, Giddens já comunica que pretende elaborar uma ontologia radicalmente processual do universo societário.… Continuar lendo

Sociologia, reescritas pós-coloniais e crítica

por

Por Adelia Miglievich Apresentação  Questionando certo tipo de produção intelectual que subestimou a autorreflexão sobre os contextos cultural e político nos quais emerge, destacando, noutra direção, que experiências mormente tomadas como universais não são… Continuar lendo